Google+ Followers

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Mundo... Tenho um novo trauma existencial: parece que sou quase obesa sem saber!

Conseguem imaginar uma pessoa que não gosta de se mexer mais que o estritamente necessário para providenciar as necessidades básicas do dia-a-dia? Pessoa essa que muitas vezes nem tem vontade de desperdiçar energia em coisas como respirar ou mastigar?
Pois... EU SOU ESSA PESSOA (e ainda consigo acrescentar mais alguns agravantes se me der ao trabalho de pensar no assunto).

No entanto, como uma parte considerável do mundo, trabalho o dia inteiro em frente a um computador sentada das formas mais incorretas que se possa imaginar, o que, obviamente resulta em dores de costas infernais (ás vezes sinto que me está crescer uma corcunda tipo a do Corcunda de Notre Dame ou uma carapaça de caracol).

Para fazer frente a esta mutação óssea e muscular costumava ir nadar de vez em quando.... MUINTOOOO de vez em quando (na loucura ía 1 vez por semana, mas o normal era 2 vezes por mês), mas depois comprei um carro e achei que a coisa mais "esperta" era desistir da piscina onde só ía quase nunca.

Resultado: 4 meses depois tinha as costas todas tortas, muito semelhantes à estrada de Mértola, toda cheia de curvas e contracurvas.

Contrariada, lá engoli o orgulho, coloquei o rabinho entre as pernas e dei inicio á busca de uma nova piscina que me permitisse fazer o meu exercício extenuante mensal mas por um preço mais económico que a anterior. Heis que encontro uma não só mais barata, quase à porta de casa como ainda com acesso a todo um ginásio com aulas, sala de maquinas, SPA, entre mais algumas regalias.

Atenção... o que me agradou mesmo foi a mensalidade não o facto de eu ter acesso a todo um conjunto "torturas" que me podia auto infligir, como aulas e essas maquinas de levantar ferro todas transpiradas por milhares de utilizações diárias, já que não tencionava usar mais que piscina e eventualmente o SPA.
Feita a inscrição, e como se trata de um ginásio e não apenas de um sitio para chapinhar lá tive que ir fazer os belos dos testes físicos... e foi aqui que bati de frente contra uma parede, os resultados forma O DRAMA, O HORROR, O PANICO...

Não tendo peso a mais para a minha altura, uma GRANDE parte de mim é massa gorda! (quando digo grande é mesmo GRANDE).

Posto isto, e tendo em conta que não tenciono ser uma velha redonda e dominada pela gordura, vivendo a minha reforma com medo dos problemas associados a essa coisa amarela e nojenta que se aloja no nosso organismo sem ter autorização, deci tomar algumas providencias, as quais não me agradam e que me tornam infeliz e miserável.

Mas isso é escrita para outro dia, apenas vou adiantar que descobri um novo ecossistema que me está a enlouquecer ainda mais um bocado, "o ginásio", eu não estava preparada para isto, e o grande problema nem sequer é o exercício fisico que para mim é uma tortura, é mesmo o ''ecosistema" do ginásio!





Sem comentários :

Enviar um comentário